Páginas

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Abra mão do seu preconceito!


Quem nunca ao conhecer uma pessoa teve a primeira impressão de que ela era chata, e de que não gostava dela?  A maioria das pessoas já passaram por isso e também já foram “pré-julgadas”. O nome disso é preconceito: Idéia ou conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério ou imparcial.
O preconceito leva à discriminação, à marginalização e à violência, uma vez que é baseado unicamente nas aparências e na empatia. E é desse pré-conceito que surge o Bullying, uma das formas de violência que mais cresce no mundo. O bullying ocorre nas escolas, universidades, famílias, vizinhanças e até no local de trabalho. O alvo do bullying tende a se isolar e pode sofrer traumas que influenciem traços da personalidade.

Agora, voltando ao início do texto, dessas pessoas que você já “pré-julgou” quantas delas te surpreenderam e até se criou uma grande amizade? Tachar e pré-julgar as pessoas nós dá algum benefício? Precisamos abrir mão do nosso orgulho e deixar o preconceito de lado! Não é porque você já tem amigos, que você precisa tratar uma pessoa desconhecida como indiferente. Somos todos iguais, pense nisso e espalhe essa iniciativa!

“O preconceito está na maldade dos olhos de quem vê, e na ignorância de quem acha que sempre está com a razão.

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente. Já pré-julguei uma pessoa e me surpreendi com ela. Há algum tempo, eu estava participando de uma Dança e conheci algumas pessoas. Entre essas pessoas tinha um menino que não apresentava "boa" aparência e sem ao menos conversar, ver suas atitudes, sem o conhece-lo, fiz diversos pré-julgamentos. Pensava que ele era um mau "elemento", pelo seu jeito de ser, pelo seu jeito de falar. Quando o conheci realmente, vi que não era nada que eu pensava. Um menino gente bom pra caramba. algumas vez, pré-julgamos as pessoas sem conhece-las e quando conhecemos nos surpreendemos. Eu mesmo já fui pré-julgado. Uma namorada de um ex-amigo meu, me adiciono no orkut e começou a conversar comigo. No fim da conversa, ela revelou que eu aparentava ser um menino metido, que não queria muito papo com as pessoas. :s

    OBS: Um trecho da musica do charlei brown, que eu não esqueço nunca :

    Dei um trocado pra um pivete no farol
    Olhei pro lado estava o pai, pensei
    "velho filho da puta, explorador!"
    Mas vai saber...sei lá...cada um tem sua história
    Eu tô aqui pra aprender, não pra julgar
    Quem pode me julgar quem?
    Pelo menos desde cedo o pivete
    Vai a aprender a se vira...

    ResponderExcluir
  3. É bom lembrar que existe o preconceito a quem mora em comunidade carente. Só por que a pessoa mora em comunidade x, não significa que ela seja igual as outras. Quando se fala em "favela", muitos imaginam um lugar onde não existe edução, cultura e um local onde a violência predomina. Não é bem assim, nessas comunidades carente existem diversas coisas boas, como por exemplo: Projetos sociais, no qual se implanta educação e cultura. Pela pessoa morar em "favela", não significa que ela seja mau "elemento". Muitos moram por falta de condições financeiras. Podemos cita um caso de discriminação:
    Em uma oportunidade de emprego. A pessoa não consegui a vaga, por mora em um local onde existe violência. Pra algumas empresas a pessoa que mora em comunidade, significa que ela seja igual as demais pessoas de comunidade e acabam perdendo uma oportunidade de trabalhar.

    ResponderExcluir
  4. Concordo!
    Confesso que já tirei conclusões precipitadas a respeito de várias pessoas e, quando tive chance de realmente conhecer esta pessoa, acabei percebendo que estava totalmente errada. Isso é algo muito comum.
    Mas também já tiraram muitas conclusões precipitadas sobre mim, também. Sempre ouço aquela famosa frase:
    "Eu te achava metida antes de te conhecer, mas agora estou percebendo que estava errada(o)".
    O problema é são poucas as pessoas que tentam conhecer determinada pessoa antes de tirar conclusões. Lamentável!

    Chará, gostei muito do seu blog, parabéns!

    http://bahjaze.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Opa, gostei muito desse post!!!
    Ele fala exatamente do maior problema no mundo em relações sociais!!!
    Infelizmente não consegui ainda encontrar um "remédio" eficaz que todos queiram usar.
    Talvez se o mundo deixasse de olhar para os outros e olhassem para si mesmo, e buscar primeiro conhecer para depois falar...

    Como disse, gostei do post, e senti vontade de escrever algo sobre o assunto, puxado pelo que li aqui.

    Parabéns, em breve postarei um poema sobre o assunto em http://semprelesstack.blogspot.com/

    Até mais, abraço.

    ResponderExcluir
  6. Sem preconceitos a vida seria bem mais melhor e ser vivida! ^^

    visite-me,
    http://vivendo-e-aprendendo2011.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Gente que blog lindo, amei!
    Tudo sobre moda no #ItsMonter: http://itsmonter.blogspot.com/ @itsmonter

    ResponderExcluir
  8. Se tivesse menos preconceito no mundo, ele seria bem mais leve e com bem menos raiva.
    http://lollyoliver.wordpress.com/2011/09/04/novas-aquisicoes-esmaltes/

    ResponderExcluir
  9. Muito bom.

    Despois da uma olhadinha no meu blog
    Fotografia & Design

    http://brunathamilesramos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. cara, eu sei que vc escreve mto bem, que a intenção do seu texto foi séria, mas eu ñ pude me conter ao ler um trecho desse texto:
    "Quantas vezes olhei para um amigo e comecei a rir de sua aparência? Uns pareciam o “Zeca Urubu, do desenho di Pica-Pau, outros pareciam o Ursinho Pooh..."
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    engraçado demais.


    http://www.diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    visita o meu blog? me dá esse prazer vai ;)

    ResponderExcluir
  11. KKKKK
    Pois é, os poemas nem sempre são apenas amor...
    Poema também pode e as vezes deve ser engraçado...
    ^^
    Mas embora engraçado, é real, o que disse no texto...
    Obrigado por ler ok?
    ^^
    Até mais, abraços, e digo mais, falar de pré-conceito nunca fica fora de moda, mesmo devendo...

    Sempre Lesstack

    ResponderExcluir